Mundo Blogalizado

Meu msn

sábado, julho 24, 2010

De Vlogs a Eleições

Ultimamente, um dos meus passatempos (ou “perdetempos”) favoritos tem sido assistir a canais do youtube ou vlogs. Um, que eu acho fantástico, é o do PC Siqueira, mas também tenho começado a gostar do Felipe Neto, embora ache que ele tem uma atuação um pouco forçada. O PC é mais natural. De qualquer maneira, admiro a maneira com a qual esses caras conseguem expressar sua indignação frente a tantos absurdos famigerados do dia-a-dia, principalmente, neste nosso querido Brasil. É bem verdade, que eles usam uma linguagem por vezes ofensiva e não parecem dar a mínima pra quem está assistindo, mas é aí mesmo que está a graça. No geral, eu até sinto uma pontinha de inveja em notar a facilidade com que conseguem expressar suas idéias diante da câmera. Eu gostaria de ter esse talento. Nossa, há um punhado de coisas que vejo todos os dias e que me deixam realmente p da vida. Desde músicas absurdas e sem qualidade difundidas pela mídia e programas que criam situações para levar pessoas ao ridículo, até autoridades que abusam do seu poder e exibem completo descaso pelo povo. E como se não bastasse tudo isso, ainda me vejo obrigado a conviver com pessoas néscias que parecem não ter qualquer conhecimento deste estado de coisas. Ou, se têm, se mostram alienadas a ponto de até defendê-las. PQP!

Experimente apenas fazer uma crítica ou dar uma opinião contrária à destes indivíduos e você correrá grande risco de ser apedrejado nas ruas. Parece que sou obrigado a aceitar todas as coisas que vejo por aí. Ah, fala sério! Tudo bem, não sou o dono da verdade. Óbvio que não, mas há coisas tão, mas tão absurdas, que dá vontade de averiguar o que estas pessoas fazem com os seus neurônios.

Pode até parecer exagero, mas não é. Deve haver algum mal generalizado que leva a esta ignorância coletiva, só pode ser. Afinal, basta sair de casa para cruzar com pessoas desse “nipe”.

Aproveitando o ensejo e já que o assunto tem a ver com os absurdos do cotidiano, já começamos a presenciar mais um dos clássicos períodos de alienação e demagogia: o período eleitoral. Já se começam a ver as pessoas segurando as faixas nos cruzamentos, a poluição visual com milhares de cartazes nas paredes das ruas, músicas populares com versões feitas para determinados candidatos e aquelas propagandas incentivando-nos a exercer nosso direito de voto, como se isso de fato valesse alguma coisa. Ou você acha mesmo que a maioria é que decide o candidato e ponto final? Não é tão simples assim. Pare pra pensar e observe se o candidato vitorioso não é sempre aquele que tem mais recursos para investir em sua campanha. Ora, para o Lula conseguir vencer sua primeira eleição foi preciso até mudar sua imagem, literalmente falando. Brow, a regra é essa: O candidato que consegue dispor de mais recursos financeiros, consegue realizar mais campanhas, comícios e mesmo dispor de mais tempo no programa televisivo.* De posse destes e outros meios, ele consegue até chegar naquelas regiões menos favorecidas em que as pessoas têm pouco acesso às informações. Assim, de grão em grão, ele vai conseguindo mais e mais votos e, no final, TAN RAN! Temos um presidente que veio do povo. ¬¬ Alguém dúvida que a Dilma vai vencer estas eleições?** Será preciso um vacilo muito grande para ela não seguir na sucessão do molusco presidente. Recursos ela já tem (e como). E até a imagem já cuidou de mudar com sorrisinhos pra dar e vender.

Galera, vamos parar pra pensar. Vamos deixar de lado estes “rebolations” da vida. Tudo tem limite, até mesmo a ignorância.

*Em cada bloco de 25min, Dilma irá dispor de 10min39s, enquanto candidatos como Zé Maria e Ivan Pinheiro terão menos de 1min.
** "A campanha da ex-ministra é a mais bem organizada, a mais bem equipada, conta com uma equipe enorme de advogados, assessores, jornalistas, marqueteiros e políticos experientes." Revista Veja, julho/2010.

PS.: Se alguém ficou curioso sobre os vlogs de que falei. Seguem abaixo dois vídeos deles.




sábado, maio 08, 2010

Neymar na Copa?

Muito se tem falado sobre a convocação de Neymar, o garoto destaque que ao lado de Robinho tem encantado os torcedores santistas, para a copa. Há campanhas televisivas – embora nem sempre bem sucedidas – e até um site dungalevaoneymar.com.br como mais de 16000 votos. Não há dúvida de que o frenesi é grande e muitos aguardam o nome do garoto na lista que deverá ser divulgada na próxima terça pelo técnico Dunga. Bem, embora eu não seja um expert em futebol e sequer um torcedor fervoroso a ponto de acompanhar o andamento do meu time nas competições atuais, sou brasileiro e, como tal, também me sinto no direito de dar meu pitaco sobre este tema. É bem verdade que a convocação de um jogador tão novo para a copa não é completa novidade, tendo acontecido com Pelé e Ronaldo. Contudo, devo dizer que eu não sou a favor disso. Ora, Neymar tem ainda pouca experiência. Sua estréia como profissional se deu a menos de dois anos. Uma coisa é ele ter aquele desempenho excepcional, marcando gols com uma facilidade aparente e com um jogo bonito de se ver, com seus companheiros de clube com o qual ele já está familiarizado. Outra é levá-lo para uma competição internacional em que estarão presente as melhores equipes do mundo. Galera, uma copa do mundo não é brincadeira. Há muita pressão. Vocês acreditam mesmo que ele teria o amadurecimento para encarar um desafio tão grande em início de carreira? Sinceramente, penso que na primeira dura que ele receber de um jogador veterano, acabará ficando tenso e a ânsia para repetir os feitos da equipe santista pode até comprometer seu desempenho. Na boa, é preciso ter calma. Na condição de técnico, eu deixaria Neymar sob observação. Afinal, será mesmo ele um jogador em ascensão? Nada se pode garantir no momento. Há de se acompanhar sua evolução nas temporadas que virão. Se continuar bem, é certo de que receberá propostas de outros times, podendo até a vir atuar fora do país. E isso sim será um grande passo no quesito experiência. Caso sua qualidade como jogador se mostre real – e não apenas algo passageiro – aí sim seu nome deve ser cotado para a copa, mas para a copa de 2014!

sexta-feira, abril 23, 2010

The Return

Pra variar, volto a escrever no blog após um longo período de ausência. Neste meio tempo, muitas coisas aconteceram. Coisas boas e ruins. Em dezembro, concluí meu mestrado e, graças a Deus, já consegui emendar o doutorado sem delonga. Posso, pois, dizer que no campo profissional vou muito bem, obrigado. No campo sentimental, já é outra história. Findei um relacionamento com uma garota fantástica que, infelizmente, me causou alguns desapontamentos no período que antecedeu e sucedeu o término. E isso ocorreu na mesma época em que eu estava com os nervos à flor da pele, preocupado com a conclusão da minha dissertação. Ou seja, no período em que mais precisava de apoio. Enfim, passou. Ou não. Ainda fico down, às vezes. Sinto falta daquela companhia, de ter alguém para dividir as conquistas e até mesmo as frustrações. Acho que eu não me basto, afinal.

No mais, retomei um projeto antigo: Meu livro. Tenho este sonho de ter um livro publicado. Algo que possa compartilhar com outras pessoas, principalmente, amigos. Não tenho ilusões de fazer sucesso com minha publicação, mas quero poder tornar este sonho real. Ainda são poucas as páginas, não chegam a 100 e, embora eu tenha até certa facilidade para escrever, estou habituado a textos curtos como versos e contos, o que torna o livro um grande desafio. É preciso saber narrar, descrever, opinar e sem perder o fio da meada. Infelizmente, por conta de outras obrigações, não pude mergulhar ainda de cabeça neste projeto, mas pretendo dar continuidade ao mesmo.

O clima de Fortaleza tem sido uma inconstante. Ao que antes era apenas sol, tem se mostrado também chuva. E chuva eu adoro. Nada me faz sentir tão parte da natureza como um banho de chuva (e que tal, após a meia-noite e vestido de céu?). Infelizmente, esta mesma inconstância do clima parece se fazer presente em algumas pessoas. Até procuro entender suas razões, mas nem sempre consigo. Isto me frustra bastante.

Minha completude está abalada. Só o vazio insiste em ficar. E digo uma coisa: não há nada pior do que esta sensação de vazio e solidão (mesmo não estando tão só).

Bem, há ainda mais coisas que eu poderia escrever neste post-diário tão sucinto e incoerente. Não são poucas as dúvidas que continuam a aumentar minha confusão mental. E também há novidades em relação ao twitter. Contudo, por estar ainda um pouco desanimado, vou parando por aqui na esperança de que “dias melhores virão”.

quarta-feira, julho 15, 2009

Harry Potter e o Enigma do Príncipe - Decepção

São meia-noite e meia. Há pouco mais de uma hora retornei do cinema. E, neste momento, estou reunindo forças para escrever sobre “Harry Potter e o Enigma do Príncipe”. Reunindo forças por ter ficado totalmente desapontado com o final. É bem verdade que todo o filme é muito gostoso de se ver. Há bastante comédia (talvez até um pouco demais) que lhe permite passar boa parte da película dando boas gargalhadas. Contudo, passagens importantes foram omitidas, como se já não bastassem as adaptações inevitáveis.

Há momentos em que as cenas correm demais, negligenciando elementos importantes, e eu diria que até indispensáveis, da trama. Não é mostrada a parte em que Tom Riddle mata seus pais e toma posse do anel de Servolo. Nem é feito mistério algum sobre as visitas de Draco à sala precisa. Talvez uma boa cena criada, já que não aparece no livro, tenha sido aquela do ataque à Toca. Também há de se tirar o chapéu para o Dumbledore salvando Harry do ataque dos Inferi. Todavia, o clímax final do livro que se converte em uma batalha que culmina na morte de Dumbledore não é mostrada. E isso é imperdoável. Certamente, seria uma batalha à altura daquela vista no filme anterior, quando a Armada de Dumbledore combate os comensais no interior do Ministério da Magia. Sem ela, o filme todo perde sua graça.

É evidente que, para muitos, Harry Potter e o Enigma do Príncipe será um belo espetáculo, porém, para os fãs mais exigentes, que acompanham toda a saga de HP através dos livros, estou certo de que este filme deixará muito a desejar.

sábado, junho 20, 2009

Exigências da vida moderna?

Recebi este texto por email e achei-o excelente. Nem sei se é mesmo do Veríssimo, mas vale a pena ler.

Exigências da vida moderna (quem agüenta tudo isso??)

Dizem que todos os dias você deve comer uma maçã por causa do ferro.
E uma banana pelo potássio.
E também uma laranja pela vitamina C.

Uma xícara de chá verde sem açúcar para prevenir a diabetes.
Todos os dias deve-se tomar ao menos dois litros de água.
E uriná-los, o que consome o dobro do tempo..
Todos os dias deve-se tomar um Yakult pelos lactobacilos (que ninguém sabe bem o que é, mas que aos bilhões, ajudam a digestão).

Cada dia uma Aspirina, previne infarto.
Uma taça de vinho tinto também.
Uma de vinho branco estabiliza o sistema nervoso.
Um copo de cerveja, para... não lembro bem para o que, mas faz bem.
O benefício adicional é que se você tomar tudo isso ao mesmo tempo e tiver um derrame, nem vai perceber.

Todos os dias deve-se comer fibra.
Muita, muitíssima fibra.
Fibra suficiente para fazer um pulôver.
Você deve fazer entre quatro e seis refeições leves diariamente.
E nunca se esqueça de mastigar pelo menos cem vezes cada garfada.
Só para comer, serão cerca de cinco horas do dia.

E não esqueça de escovar os dentes depois de comer.
Ou seja, você tem que escovar os dentes depois da maçã, da banana, da laranja, das seis refeições e enquanto tiver dentes, passar fio dental, massagear a gengiva, escovar a língua e bochechar com Plax.
Melhor, inclusive, ampliar o banheiro e aproveitar para colocar um equipamento de som, porque entre a água, a fibra e os dentes, você vai passar ali várias horas por dia.

Há que se dormir oito horas por noite e trabalhar outras oito por dia, mais as cinco comendo são vinte e uma.
Sobram três, desde que você não pegue trânsito.

As estatísticas comprovam que assistimos três horas de TV por dia.
Menos você, porque todos os dias você vai caminhar ao menos meia hora (por experiência própria, após quinze minutos dê meia volta e comece a voltar, ou a meia hora vira uma).

E você deve cuidar das amizades, porque são como uma planta: devem ser regadas diariamente, o que me faz pensar em quem vai cuidar delas quando eu estiver viajando.

Deve-se estar bem informado também, lendo dois ou três jornais por dia para comparar as informações.

Ah! E o sexo..
Todos os dias, tomando o cuidado de não se cair na rotina.
Há que ser criativo, inovador para renovar a sedução.
Isso leva tempo e nem estou falando de sexo tântrico.

Também precisa sobrar tempo para varrer, passar, lavar roupa, pratos e espero que você não tenha um bichinho de estimação.

Na minha conta são 29 horas por dia.

A única solução que me ocorre é fazer várias dessas coisas ao mesmo tempo!!!

Tomar banho frio com a boca aberta, assim você toma água e escova os dentes. Chame os amigos e seus pais.
Beba o vinho, coma a maçã e dê a banana na boca da sua mulher.

Ainda bem que somos crescidinhos, senão ainda teria um Danoninho e se sobrarem 5 minutos, uma colherada de leite de magnésio.

Agora tenho que ir.

É o meio do dia, e depois da cerveja, do vinho e da maçã, tenho que ir ao banheiro.

E já que vou, levo um jornal...

Tcháu....

Se sobrar um tempinho, me manda um e-mail.

Luís Fernando Veríssimo


quarta-feira, junho 03, 2009

Novo Vídeo de Harry Potter e o Enigma do Príncipe

Durante o MTV Movie Awards 2009 foi divulgado um pequeno vídeo q mostra Harry “mergulhando” numa das memórias mais antigas de Dumbledore a cerca de Voldermort. Vale a pena conferir.



quinta-feira, maio 28, 2009

Improve your Listening!

Hoje, depois de assistir ao Supernatural na Warner, decidi pesquisar no google algum site para fazer o download de arquivos de áudio em inglês e, naturalmente, praticar o listening. Eu acho que até consigo entender muito bem, mas vejo que algumas coisas ainda passam ‘batidas’ quando tento assistir sem consultar a legenda. Bem, sem dificuldade alguma, encontrei o VOAnews que, na verdade, é um programa de notícias em inglês que vai ao ar diariamente. O site tem, além dos arquivos de áudio, scripts através dos quais se pode acompanhar o que está sendo noticiado.
Os arquivos estão disponíveis tanto em Real Audio e Windows Media quanto em mp3, para quem quiser baixar no computador ou ouvir depois em um player. As notícias são lidas devagar e os tópicos parecem ser variados. No Find a Story, na coluna da esquerda, é possível navegar pelos tópicos por assunto (by Subject) ou pelo nome do programa (by Program). Há ainda o serviço de Stories by E-mail, mas este ainda não testei.
Aproveitando o post vou deixar o link do dicionário do google, ferramenta excelente para aqueles que estão iniciando no estudo de outros idiomas.

Links:
VOAnews - http://www.voanews.com/specialenglish/index.cfm
Google Dictionary - http://www.google.com/dictionary